quinta-feira, 28 de setembro de 2017

33ª Feira Catarinense de Matemática (na mídia)

REGISTROS DA FEIRA DE MATEMÁTICA.
Pra gente não perder as imagens e notícias deste dia tão importante para a Educação!
http://g1.globo.com/sc/santa-catarina/jornal-do-almoco/videos/t/criciuma/v/feira-expoem-trabalhos-de-estudantes-com-aplicacoes-matematicas/6180730/
Clique na imagem para assistir


https://www.youtube.com/watch?v=HvRpBv0jzrw

PORTAL ENGEPLUS
Criciúma sedia 33ª Feira Catarinense de Matemática
Evento conta com 148 trabalhos de escolas catarinense.
Criciúma recebe a partir desta quarta-feira, dia 27, a 33ª Feira Catarinense de Matemática. Realizado pela Administração Municipal, Instituto Federal de Santa Catarina (Ifsc) câmpus Criciúma, Universidade Regional de Blumenau (Furb), Sociedade Brasileira de Educação Matemática (SBEM) e Governo do Estado de Santa Catarina, o evento inicia às 18 horas, no Pavilhão de Exposições José Ijair Conti, no bairro Santa Bárbara.
Até sexta-feira, 148 trabalhos de alunos de escolas da rede pública e privada de ensino de Santa Catarina estarão expostos na estrutura da Prefeitura de Criciúma. “A última Feira de Matemática que sediamos foi na década de 90. Neste ano, realizamos a etapa regional e, agora, estamos preparados para receber representantes de todas as regiões do Estado”, declara o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro.
Conforme a coordenadora pedagógica da Secretaria Municipal de Educação, Scheila Rocha Serafim, Criciúma terá oito trabalhos na Feira Catarinense. Os projetos foram selecionados durante a 5ª Feira Regional de Matemática, realizada no dia 10 de agosto, no Ginásio do Centro de Educação Profissional (Cedup) Abílio Paulo. “Dois dos oito trabalhos foram realizados por alunos da rede municipal de ensino. Isso nos deixa ainda mais apreensivos”, explica.
A maior cidade do Sul do Estado sediou a Feira Catarinense de Matemática em duas oportunidades: 1986 e 1994. “Nossa cidade volta a receber a etapa estadual após 23 anos. Este evento é importante para a educação municipal e também de toda Santa Catarina. A Feira proporciona a troca de experiências entre alunos e moradores, além de auxiliar no desenvolvimento do pensamento da matemática”, destaca Scheila.
Para visualizar mais fotos da Feira de Matemática, clique AQUI.


segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Escolas Hercílio Amante e Angelo De Luca vencem 2º Campeonato Regional de Cubo Mágico

O 2º Campeonato Regional de Cubo Mágico da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (AMREC) foi realizado neste domingo (24), em Cocal do Sul, durante o evento Cocal Fest. Participaram 18 equipes, sendo três na Categoria Infantil e 15 na Categoria Juvenil/Adulto. Na primeira, os quatro competidores titulares deviam resolver 12 e na segunda 20 cubos no menor tempo possível. Destacaram-se as escolas municipais Hercílio Amante e Angelo De Luca.
Foto: Juan Russo
 As equipes premiadas na Categoria Infantil foram a Escola Hercílio Amante (1º lugar com um tempo de 2min44seg), Escola Serafina Milioli Pescador Equipe B (2º lugar com um tempo de 4min23seg) e Equipe A (3º lugar com um tempo de 5min50seg). 
Foto: Juan Russo
 Na Categoria Juvenil/Adulto foram premiadas a Escola Ângelo De Luca (1º lugar com tempo de 2min13seg), a Escola Lili Coelho (2º lugar com um tempo de 2min20seg) e Equipe Grupo de Amigos (3º lugar com um tempo de 2min27seg). “A escola Angelo De Luca obteve uma média de 26,6 segundos por cubo por aluno e a escola Hercílio Amante foi de 54,6 segundos. Percebemos o surgimento de competidores de alto nível”, informou a juíza das provas, Bruna Brunatto.
Criciúma foi representada por sete escolas municipais (Padre Bertero, Serafina Milioli Pescador, Lili Coelho, Jorge da Cunha Carneiro, Ângelo De Luca, Hercílio Amante e Giácomo Zanette), CEDUP Abílio Paulo e o Senai Conect. Cocal do Sul participou com as escolas Cristo Rei e Colégio Maximiliano Gaidzinski. “Tivemos também uma equipe formada por um grupo de amigos. Somente dois municípios da região realizaram inscrição. Este tipo de campeonato é novidade, com o tempo vamos torná-lo conhecido e contar com a presença de mais cidades. Ano passado realizamos durante a Festa das Etnias e no ano que vem pretendemos fazer este movimento em Nova Veneza”, comentou a organizadora, Ana Lúcia Pintro.
O jovem de 21 anos, Guilherme da Cruz Furlan, teve sua primeira experiência em um evento relacionado ao cubo mágico e ficou surpreso ao encontrar tantos cubistas juntos. Para ele a competição serviu como integração de pessoas de lugares diferentes com uma prática em comum. “Conheci muita gente e foi legal poder treinar, competir e brincar ao lado de todos. Mesmo não sendo um campeonato oficial, eventos como este, nos trazem motivação para continuar treinando e melhorando a cada dia”, disse Furlan.
Diego Meneghetti, bicampeão brasileiro na modalidade olhos vendados da Associação Mundial de Cubo Mágico (WCA) encantou o público resolvendo o cubo com uma mão apenas, com os pés e de olhos vendados.
A organização é formada por um grupo de professores em parceria com Prefeitura Municipal de Cocal do Sul e com o 1º Tabelionato de Notas e Protestos de Criciúma.

2º Campeonato Regional de Cubo Mágico

 Categoria Infantil
As equipes premiadas na Categoria Infantil foram a Escola Hercílio Amante (1º lugar com um tempo de 2min44seg), Escola Serafina Milioli Pescador Equipe B (2º lugar com um tempo de 4min23seg) e Equipe A (3º lugar com um tempo de 5min50seg).



domingo, 24 de setembro de 2017

2º Campeonato Regional de Cubo Mágico



Categoria Juvenil/Adulto
Na Categoria Juvenil/Adulto foram premiadas a Escola Ângelo De Luca (1º lugar com tempo de 2min13seg), a Escola Lili Coelho (2º lugar com um tempo de 2min20seg) e Equipe Grupo de Amigos (3º lugar com um tempo de 2min27seg). “A escola Angelo De Luca obteve uma média de 26,6 segundos por cubo por aluno e a escola Hercílio Amante foi de 54,6 segundos. Percebemos o surgimento de competidores de alto nível”, informou a juíza das provas, Bruna Brunatto.
Criciúma foi representada por sete escolas municipais (Padre Bertero, Serafina Milioli Pescador, Lili Coelho, Jorge da Cunha Carneiro, Ângelo De Luca, Hercílio Amante e Giácomo Zanette), CEDUP Abílio Paulo e o Senai Conect. Cocal do Sul participou com as escolas Cristo Rei e Colégio Maximiliano Gaidzinski. 
Verificar qual equipe está faltando a foto....

 






 





 Os resultados estão sendo publicados para que no futuro não se percam e possamos conhecer nossa evolução. Adoro competição, mas não sou competitiva. Dou valor para a participação, muito mais do que para os resultados. Cada equipe tem seu valor independente da posição. A energia não seria a mesma lá estivessem apenas os que já trilham o caminho do cubo e treinam a mais tempo. (Ana Lúcia)
Observações:
* Devido à falta de competidores, estas equipes realizaram apenas uma participação incluindo membros não inscritos.

domingo, 13 de agosto de 2017

Campeonato de Cubo Mágico da Escola Cristo Rei

O Campeonato de Cubo Mágico da Escola Cristo Rei foi realizado no dia 12 de agosto de 2017 na Praça da Matriz de Cocal do Sul.
Aproximadamente 50 alunos sabem resolver o cubo mágico, no entanto, apenas 10 realizaram a inscrição. O trabalho de incentivá-los a serem competidores está apenas iniciando. Novos eventos devem despertar o interesse.

Sempre lembramos da missão da Associação Mundial de Cubo Mágico:
O objetivo da World Cube Association é ter mais competições em mais países, com mais pessoas e mais diversão, sob condições iguais e justas.
O espírito da World Cube Association é que pessoas de todo o mundo se divirtam juntas numa atmosfera amigável, ajudem umas às outras e se comportem com espírito esportivo.

sábado, 12 de agosto de 2017

V Feira Regional de Matemática

 A 5ª etapa da Feira Regional de Matemática foi realizada no dia 9 de agosto de 2017, no Ginásio do Centro de Educação Profissional (Cedup) Abílio Paulo.
Foram apresentados 38 trabalhos que concorrem a oito vagas para a 33ª Feira Catarinense de Matemática.
 
Trabalhos indicados para a Feira Catarinense

Assista a reportagem da TV Primavera no Informe e Região. Clique AQUI

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Cubo Mágico e Geogebra na V Feira Regional de Matemática

 Apresentamos dois projetos na Feira Regional de Matemática na categoria Anos Finais.



quinta-feira, 10 de agosto de 2017

USO DO SOFTWARE GEOGEBRA NO ESTUDO DE SIMETRIAS EM UM PLANO

 Categoria: Ensino Fundamental - Anos Finais
Modalidade: Materiais e/ou Jogos Didáticos
Alunos: Gustavo Pereira de Vargas e Adilso de Freitas Junior
Orientadora: Ana Lúcia Pintro
 Instituição: EMEF Padre José Francisco BerteroCriciúma/SC
Momentos das apresentações

 O coordenador dos institutos do Geogebra, Zsolt Lavicza, explicou que “no Geogebra, um triângulo não é apenas um triângulo, mas todos os triângulos possíveis”. Ou seja, um polígono construído na sua plataforma pode ser transformado movimentando seus vértices e assim, ele apresentará novas medidas para os lados, ângulos, área e perímetro. Isto permite inúmeras observações e conjecturas. Por ter estas características, o programa Geogebra facilitou a visualização, observação, análise e assimilação dos conteúdos referentes aos três tipos principais de simetria: axial, translação e rotação.

LEIA A MATÉRIA NO PORTAL DA PREFEITURA:
Trabalhos da rede municipal de Criciúma se classificam para a 33ª Feira Catarinense de Matemática

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

CAMPEONATOS OFICIAIS DE CUBO MÁGICO


Trabalho apresentado na V Feira Regional de Matemática.
Categoria: Ensino Fundamental - Anos Finais
Modalidade: Materiais e/ou Jogos Didáticos
Alunas: Maria Eduarda Pires da Luz e Tayná da Silva da Rosa
Orientadora: Ana Lúcia Pintro
Co-orientador: Alexandre Henrique Afonso Campos
Instituição: Escola de Ensino Fundamental Cristo Rei – Cocal do Sul/SC



PROJETO EM COCAL DO SUL E CRICIÚMA

Em julho de 2013 o desafio de resolver o cubo mágico foi lançado para alunos do Projeto Clubinho de Matemática das escolas Demétrio Bettiol e Cristo Rei, localizadas em Cocal do Sul. No dia 4 de junho de 2014, aproximadamente 80 estudantes que sabiam resolver o cubo mágico participaram da gravação de uma reportagem para o Jornal do Almoço (RBS TV): todos foram reunidos para realizar uma apresentação coletiva.
O projeto Cubo Mágico desenvolvido pela Secretaria Municipal de Educação de Criciúma contou com apoio do setor privado. Até o momento é a maior experiência do Brasil com a inserção deste quebra-cabeça nos espaços escolares. Quando iniciou, em 2015, havia três professores e aproximadamente 15 alunos que sabiam resolver o cubo mágico. Em 2016, mais de 25 professores e de 425 alunos conheciam algum método de resolução e outros 200 estavam no processo de aprendizagem. Participaram ativamente do projeto 21 das 52 escolas municipais que atendem alunos do Ensino Fundamental. Os resultados obtidos devem-se às parcerias, ao empenho, dedicação e compromisso de muitos educadores que sonharam, traçaram estratégias e despenderam tempo precioso participando de todas as ações. O projeto atingiu os objetivos contribuindo no desenvolvimento das competências e habilidades necessárias ao processo de aprendizagem das crianças e adolescentes, promoveu a integração entre os alunos e uniu o grupo de professores que demonstraram interesse no desafio lançado. Além disso, colocou na agenda do município de Criciúma um evento importante que é o campeonato oficial organizado pela Associação Mundial de Cubo Mágico.