quinta-feira, 23 de março de 2017

Por acaso você sabe o que é o acaso?

http://expresso.sapo.pt/blogues/isto-e-matematica/2016-01-19-Por-acaso-sabe-o-que-e-o-acaso-
Quando Steve Jobs (Aple) criou o iPod shuffle, que aleatoriamente seleciona músicas da biblioteca ou lista do usuário, recebeu muitas reclamações. O que aconteceu? O programa era realmente aleatório e por isso repetia algumas músicas com frequência, enquanto não tocava outras! Então, tiveram que mudar o algoritmo para que o programa ficasse “menos ao acaso para parecer mais ao acaso”.
O livro didático do Projeto Teláris explora os conceitos de raciocínio combinatório, possibilidades e contagem de forma superficial e um “pouco seca”, no primeiro capítulo. Por que não utilizar algumas moedas para resolver alguns exercícios tradicionais e aproveitar para realizar a “brincadeira” demonstrada no episódio “Por acaso sabe o que é oacaso”, do programa Isto é Matemática? 

Solicitei que os alunos fizessem a “brincadeira” em dupla. Depois trocaram os papéis e tentaram descobrir qual sequência era imaginária e qual foi feita com o lançamento da moeda.
A turma que assistiu o episódio depois acertou pouco mais de 60% e, àquela que viu antes acertou quase 100%.

sexta-feira, 17 de março de 2017

Nosso corpo é simétrico ou assimétrico?

https://www.youtube.com/watch?v=85AflWEov6Y
Um dos conteúdos que exploramos com turmas do 9º Ano que utilizam a coleção Vontade de Saber Matemática é simetria por rotação.
O episódio “Mostra-me a tua simetria” do programa Isto é Matemática foi gravado em lugares com lindas simetrias.
Sempre usei como referência o corpo humano para falar da simetria por reflexão, mas nunca pensei que nosso interior é assimétrico. Realmente, nossas percepções são limitadas.
Adorei pensar que há simetria no comportamento humano quando dizemos “não faças para os outros, aquilo que não queres para ti”.
Será verdade que pessoas mais simétricas são mais bonitas? Nós gostamos de muitas coisas que tem simetria, como roupas, carros e utensílios domésticos. Então, o mundo e as pessoas gostam de ser simétricos?
Deve ser por isso, que Rogério Martins diz que matemática é filosofia.

quinta-feira, 16 de março de 2017

E aí, professora! Vai fazer o quê?

Pesquisa realizada pelos alunos do 8º Ano
Fiquei na dúvida se é prudente expressar publicamente estas informações e os meus sentimentos em relação a uma avaliação diagnóstica que realizei com alunos de 9º Ano. Posso causar polêmicas, seguidores nos desabafos ou até um mal estar! Mas, aprendi que muitas vezes, não expomos nossas opiniões e nem expressamos nossas dores porque temos medo de assumir responsabilidades. Podem me dizer que eu poderia fazer isso apenas no meu círculo de trabalho. Eu sei! Mas, quero falar aqui também. Não quero apenas lamentar resultados, mas compartilhar o que estou tentando fazer para buscar uma luz que ilumine o ensino da matemática. Às vezes, temos que mexer em nossas feridas. Não estou pensando em salvar a humanidade que me cerca, nem buscando culpados. Quero apenas dizer que este fracasso é um exagero e que não posso apenas ser cúmplice da história que continua.
É comum ouvirmos que a Educação do nosso país está ruim, que nossos alunos não sabem nem a tabuada e que interpretação de problemas é uma lástima. Enquanto isto, nossos documentos apresentam objetivos de aprendizagem que não parecem ser difíceis de garantir. Os manuais do professor dos livros didáticos insistem em preconizar o valor de trabalhar resolução de problemas e a importância de desenvolver a autonomia dos alunos. Mesmo assim, nossos currículos apresentam o triplo de conteúdos de matemática que são cobrados em países com educação de qualidade. Isso nos confunde muito no sentido do que priorizar: a quantidade ou a qualidade.
Que números concretos estão me perturbando? Fiz a avaliação diagnóstica com 36 alunos do 9º Ano e os resultados foram estes:
- Apenas 3 alunos acertaram o valor de 25% de 868 reais. Ou seja, eles não sabem que 25%  é a metade da metade! Notem que perguntei de um número simples.
- Apenas 11 alunos dividiram corretamente 1465 por 7! Não venham me dizer que eles não precisam calcular esse valor no papel porque hoje tem acesso às calculadoras. Não estamos tratando de números mirabolantes, estamos falando de dignidade intelectual.
E aí, professora! Vai fazer o quê?
Reunir os alunos em círculo para uma conversa franca? Adianta? Não muito! Mas, eles precisam ouvir que estes resultados não são aceitáveis.
Ele não tem idade e maturidade para compreender? Alguns já podem escolher o Presidente da República deste país ou estão presentes a conquistar este direito.
“Vai entrar num ouvido e sair pelo outro!” Dá maioria, acho que sim. Mas, tem uma minoria...
Chamar os pais? Como explicar para eles que seus filhos não sabem nem o que eles sabiam quando estavam na 4ª série? E, como deixar claro que o compromisso é de todos?
E aí, professora! Vai fazer o quê?
Buscar iluminação para ter sabedoria nas palavras, nos pensamentos, nas ações e nas metodologias.
Não deixar de acreditar que é possível mudar o rumo de muitas vidas quando se tem fé unida à ação!
Lancei um desafio para uma das minhas turmas: calcular a medida do lado do quadrado que tem a mesma área da folha A4 cujas dimensões são iguais a 21 cm e 29,7 cm. Uma aluna confeccionou um cubo de aresta igual a 31 cm e um menino fez um paralelepípedo com base quadrada! Ambos não acharam a solução correta, mas suas tentativas foram além do que eu podia esperar e é graças a eles que acredito que vale a pena insistir.
Uma das causas destes problemas são as lacunas que ficaram na vida escolar destes alunos. Como resolver? Descobri que 168 dos 191 dos meus alunos que participaram de uma pesquisa, realizada pelo 8º ano,  tem acesso à internet fora da escola. Quem sabe a tecnologia pode ajudar? Por isso, estou incentivando os alunos a entrarem no site da Khan Academy ou a assistirem a uma lista de vídeos selecionados por conteúdos. Se esta é uma boa idéia, ainda não sei... Mas, é a vontade de encontrar caminhos que possam levar até as flores, enquanto eu mesma tento superar as minhas limitações!
video
No início de 2017, o Renan Medeiros (que foi meu aluno quando nem pensava em ter barba e eu nem imaginava que um dia ele seria o repórter da editoria política do jornal A Tribuna) enviou uma mensagem contando que estava viciado nos exercícios da Khan Academy e tentando passar em todas as “skills” (habilidades) de matemática.
No final de 2014 eu havia explorado um pouco a plataforma e apesar dela não ser um mundo encantado, percebi que poderia ser usada como uma ferramenta de aprendizagem matemática. Estive fora da sala de aula em 2015 e 2016.
O recado do Renan foi um incentivo para que eu buscasse descobrir um meio de ajudar meus alunos a superaram suas lacunas. É isso que estou tentando fazer no momento e ainda não sei quais serão os resultados.
Neste link, tem um esboço da forma como estou organizando a orientação para os alunos que querem aprender mais com os vídeos da Khan Academy.

terça-feira, 14 de março de 2017

Palestra gratuita com o matemático português, Rogério Martins.

Rogério Martins apresenta a matemática de uma maneira descontraída, contextualizada, surpreendente e diferente!  Qualquer pessoa interessada pode participar da palestra: professores de matemática ou de qualquer outra área, alunos, pais e comunidade em geral. Participe!

domingo, 12 de março de 2017

Salman Khan pode nos ajudar?

Quais são nossos sentimentos quando percebemos que apenas um aluno de uma turma de 9º Ano é capaz de calcular 25% de um valor? Que apenas um aluno acertou a resposta de uma equação de 1º Grau? Que poucos acertam a divisão por 7 (se a resposta for 209, eles colocam 29 e isso, conseguem os que tem mais sucesso)? Que muitos não entendem conceitos de números quadrados e números cúbicos (e entender disso é não saber área e volume, conceitos básicos e fundamentais para se ter o mínimo de cidadania)? Será que não precisam mais dividir porque tem acesso às calculadoras? Se não aprendem os conceitos, não sabem interpretar e isto, as tecnologias não fazem!
É desta lacuna que Salman Khan tanto fala e que me incomoda todos os dias quando percebo que estamos falhando como educadores. 
Fiz uma pesquisa com meus alunos e percebi que mais de 90% deles tem acesso para assistir vídeos no You Tube em casa. Então, acho que o Khan pode me ajudar e por isso estou traçando estratégias. Agora, preciso saber se meus alunos querem esta ajuda...Sei que aqueles que reclamaram para mim, com lágrimas nos olhos, por terem tirado nota 5 ou 6 no trabalho da dobradura de um cubo, vão aproveitar! Ou aquele que refez o cubo porque não aceitou a nota ruim... Esses nos motivam e os demais nos desafiam a fazer a diferença na vida deles. O tempo dirá se meu esforço terá valor e se minhas intenções "tem futuro".
Segue o vídeo do Salman e se quiser saber da minha organização inicial para incentivar os alunos a assistirem os vídeos do Khan, clique AQUI.
https://www.youtube.com/watch?v=bCClRgJwEUI

quarta-feira, 8 de março de 2017

Isto é Matemática na Sala de Aula: A quarta dimensão


Tem dias que as aulas tomam rumo diferente...
Senti que uma turma de 8º Ano não tinha clareza de quanto vale um metro quadrado.
Olhei para o chão e vi pisos quadrados de lado igual a 41 centímetros e daí surgiram duas perguntas básicas: “Quantos pisos revestem o chão de nossa sala de aula?” e “Quantos pisos é preciso para cobrir uma superfície de um metro quadrado?”. As contagens e os cálculos foram discutidos em grupo.
Resolvi dizer a eles que na representação de m, m² e m³, os expoentes representam as dimensões. E, por algum motivo, resolvi falar que os matemáticos estudam a quarta dimensão... Percebi imediatamente que o assunto não era conveniente para tratar com aqueles alunos e desviei a conversa. Ouvi o comentário de um dos meninos: “Como será que é a quarta dimensão?”. Gostei daquele questionamento que ia morrer! Então, retomei o assunto dizendo que nós, seres que vivemos num mundo 3D não conseguimos imaginar um mundo 4D. Lembrei de um episódio do programa que tentava explicar a dificuldade que um ser 2D tem para compreender um mundo 3D.
Por que não tratar disso em sala de aula de uma forma sutil, mas provocativa?
Segue o programa...
https://www.youtube.com/watch?v=4TnMMdT3VGw


quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Informações sobre o Programa Isto é Matemática


Rogério Martins, doutorado em matemática, é professor e investigador na Faculdade de Ciências e Tecnologia, da Universidade Nova de Lisboa. Diretor da revista da Sociedade Portuguesa de Matemática e autor de vários artigos publicados em revistas científicas de topo, tem-se igualmente dedicado à divulgação científica junto do público em geral. Foi considerado, pelo jornal Expresso, um dos 100 portugueses mais influentes de 2012.
Ele também é o autor e apresentador do programa de televisão “Isto é matemática”, totalmente dedicado à divulgação da Matemática, que já está na 11ª temporada em Portugal e ganhou diversas distinções, como a Homenagem Especial do Projeto Ver Ciência (Brasil), em 2013, e a nomeação para os European Science TV & Media Awards, na categoria de Melhor Programa Geral Televisivo, em 2014. Martins é também a voz dos vídeos de Matemática da Khan Academy Portugal.
  
Vinheta do Programa
https://www.youtube.com/watch?v=71sPmkbR-4I&index=5&list=PLKTNxZkADYLsb39QoI4PCd157LDbIjyW_


 Comentário breve sobre matemática (Clarity Makers)

https://www.youtube.com/watch?v=J5X0_bbpBBs

Publicado em 11 de mai de 2016
O Rogério é investigador e professor. Apaixonado pela matemática, vê nela a ponte que liga todas as ideias. Tem um programa na SIC Notícias, “Isto é Matemática”, onde traz à luz do dia os mais esotéricos conceitos matemáticos.

Por que me apaixonei pela matemática.

https://www.youtube.com/watch?v=Rmz5rFzwVrc
Publicado em 15 de jul de 2014
This talk was given at a local TEDx event, produced independently of the TED Conferences. Isto é matemática. "Gostaria de inverter a imagem da matemática."

Entrevista (7/11/12)

https://www.youtube.com/watch?v=71sPmkbR-4I&index=5&list=PLKTNxZkADYLsb39QoI4PCd157LDbIjyW_
Depois de ter recebido o prêmio homenagem da Mostra de Ciência na TV realizada no Rio de Janeiro, Rogério Martins, esteve em destaque na emissão de 7 de novembro no programa da SIC Radical CC All Stars.

Formação de Matemática da Rede Municipal de Criciúma (28/06/14)

https://www.youtube.com/watch?v=ZYzqHA9a6S4&feature=youtu.be
No dia 28 de junho de 2014, os professores de matemática da Rede Municipal de Criciúma participaram de uma capacitação, na Universidade do Extremo Sul Catarinense (UNESC). Episódios do Programa de TV “Isto é Matemática foram apresentados pela professora Ana Lúcia Pintro como sugestões para qualificar as aulas.
O professor Rogério Martins, apresentador do programa, gravou uma mensagem aos cursistas: “Nós começamos a fazer esse programa para passar num canal aqui em Portugal e posteriormente percebemos que aí no Brasil éramos muito vistos. É um grande prazer poder participar das vossas aulas e dar um contributo para o ensino. É importante que a matemática seja ensinada como algo que pode se apaixonante, que podemos tirar prazer dela ao estudá-la e não como algo que tem que ser uma obrigação ou um peso em nossa vida escolar.”
 
Maluco Beleza (27/07/16)

https://www.youtube.com/watch?v=71sPmkbR-4I&index=5&list=PLKTNxZkADYLsb39QoI4PCd157LDbIjyW_

  
Alguns episódios
O programa está na 11ª temporada e gravou aproximadamente 140 episódios.

Assista todos os vídeos por temporadas, clicando AQUI.

 

Isto é Matemática T05E01 Ronaldo e os Ângulos Inscritos

https://www.youtube.com/watch?v=U50VABuJnHI


Neste episódio o matemático Rogério Martins fala de ângulos inscritos numa circunferência e de futebol. E para isso convidou um dos maiores especialistas mundiais da matéria: Cristiano Ronaldo. Na realidade não é bem o Cristiano Ronaldo, mas foi o melhor que conseguimos. E Isto é Matemática.


 

Isto é Matemática - T10E13 - “Amigos Do Facebook

https://www.youtube.com/watch?v=S4xjW34reNY&index=1&list=PLKTNxZkADYLvPviid3jAKjltdaUBjmr_v    

Neste episódio o matemático Rogério Martins fala sobre o Paradoxo da Amizade recorrendo ao local em Portugal onde mais pessoas se juntam: o Facebook! E Isto é Matemática!
 

Isto é Matemática - T10E05 - “Somos Todos Daltónicos!”

Neste episódio o matemático Rogério Martins fala de cores, cones e daltonismo. Para tal veio a uma famosa fábrica de lápis portuguesa que leva muito a sério o conceito de cores primárias. E Isto é Matemática!
 

Isto é Matemática - T10E06 - “Velocidade e Combustível”

https://www.youtube.com/watch?v=GwWszb8HVWM    

Neste episódio o matemático Rogério Martins responde a uma das questões mais pertinentes do nosso tempo: Qual será a melhor velocidade para economizar combustível? Para tal, aluga um carro enquanto lhe fala sobre velocidade, resistência do ar e consumos. E Isto é Matemática!

Isto é Matemática - T09E11 - “Onda de Pêndulos”
https://www.youtube.com/watch?v=StFN_QICqbM

Neste episódio o matemático Rogério Martins está na Academia de Novo Circo “Armazém Aério" para falar sobre pêndulos, e fazer algumas experiências com eles que se esperam ser hipnóticas. E Isto é Matemática!

 LEIA

Aescola deveria ensinar também o que não se sabe!


Caldenseapresenta “Isto é matemática” na SIC Notícias